Tribullus Terrestris x Testosterona

Com certeza é o testo booster mais consumindo no Brasil e talvez no mundo. Entretanto, para homens o único benefício notado e ainda moderado, é com relação a saúde cardíaca, melhora na libido e volume ejaculatório. Já nas mulheres, parece ter maior utilidade por diminuir os níveis de SHBG, deixando assim mais testosterona livre e impactando na qualidade de vida. É preciso compreender que melhorar a qualidade de vida e libido não necessariamente é resultado de um aumento na testosterona, há diversos fatores emocionais e psicológicos que podem afetar a libido.

Qualidade de vida é a soma de fatores que contribuem para o bem-estar. É a qualidade no trabalho, no desempenho físico, no controle das emoções, e, também no sexo. Tribulus terrestris, é uma planta usada há muito tempo como estimulante sexual, com relatos de seu uso como erva medicinal na medicina tradicional chinesa e do oriente médio. Esses efeitos afrodisíacos são creditados as saponinas protodioscina e protogracillina. ㅤ

Buscando avaliar o potencial uso de tribulus para melhora da libido feminina, Akhtari et al.(2014) realizaram um estudo em mulheres antes da menopausa com queixas de baixa libido. Um grupo recebeu 7,5mg de extrato de tribulus e o outro placebo. As mulheres tinham em média 36 anos, e avaliação foi feita baseada no FSFI (sigla em inglês para index de função sexual feminina), que é um questionário que avaliação variáveis relacionadas ao desejo sexual feminino. Depois das quatro semanas de intervenção, as mulheres do grupo que suplementou aumentaram sua pontuação em 5,5 pontos, e as do placebo em apenas 1,5 pontos.

Já no estudo de Souza et al.(2016), a média de idade era de 54 anos. Um grupo recebeu 750mg de extrato de tribulus e o outro grupo placebo. Nesse estudo, também houve aplicação do FSFI, onde as mulheres que suplementaram melhoram em 10 pontos sua pontuação, e as mulheres do grupo placebo melhoraram em 6 pontos sua pontuação. Cabe ressaltar que em ambos os estudos mostrou-se isento de efeitos colaterais, mesmo o segundo apresentando uma dose 100x maior que o primeiro.

A indicação fica suplementar o extrato de tribulus terrestres na quantidade entre 200-450mg adicionada a concentração e 60% de saponinas. Tribulus terrestres não serve para TPC (terapia pós ciclo de anabolizantes), o efeito é placebo e dificilmente após a utilização de hormônios, um extrato herbal será forte o suficiente para segurar os colaterais. Tribulus não promove melhora na composição corporal e performance.

Texto em parceria com Maurício Leonardo

Abs, Lincoln Almeida

 

Gauthaman K, Ganesan AP. The hormonal effects of Tribulus terrestris and its role in the management of male erectile dysfunction–an evaluation using primates, rabbit and rat. Phytomedicine. (2008)

Mazaro-Costa R, et al. Medicinal plants as alternative treatments for female sexual dysfunction: utopian vision or possible treatment in climacteric women. J Sex Med. (2010)

Neychev VK, Mitev VI. The aphrodisiac herb Tribulus terrestris does not influence the androgen production in young men. J Ethnopharmacol. (2005)

2 comentário em “Tribullus Terrestris x Testosterona

  1. Hello there, just become alert to your weblog through Google, and located that it’s truly informative. I抦 going to watch out for brussels. I will appreciate in case you proceed this in future. Numerous folks might be benefited from your writing. Cheers!

Deixe uma resposta para Free Stuff Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.