“Meu Deus, se meu nutricionista ver isso vai me encher o saco”

Temos um problema, não é?

Veja bem, todo bom profissional vai destinar um tempo especialmente para você. Óbvio, ele está sendo pago para isso. Mas o bom profissional, vai investigar você. Ele vai buscar compreender sua amargura. Vai colocar os alimentos, ou o tipo de treino, ou as suplementações, ou os fitoterápicos… enfim. O que cabe em você.

Todo bom profissional sabe o lado obscuro. Ele sabe que se colocar em uma dieta restrita, ou te colocar para fazer 2 horas de cardio, ou te encher de hormônios que você vai ter resultado rapidinho. Talvez as custas da sua saúde e por tempo determinado. Sabe também, que o excesso de cobrança para seguir esses protocolos restritos estão acompanhados de um interesse comercial. Usar você de propaganda.

O bom profissional não se irrita. Ele fica puto ou desapontado. Mas, ele compra a idea porque quer te ajudar. Requer confiança.

“Tá com muita vontade? ok, vai lá e come o que quiser. Depois resolvemos isso. Mas se comprometa”

Mas, lembre-se, o objetivo é seu. Se você não quiser e não se dedicar, pouco importa para o bom profissional, ele tem outras pessoas para ajudar e que querem ser ajudadas.

O objetivo é seu.

Abs, Lincoln Almeida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.